24/05/2024

comparações

bom dia. não perca tempo se comparando com os outros. o segredo da evolução está em olhar o seu passado para mudar o seu futuro.

Xavi acaba de ser demitido do Barcelona
BREAKING

(Imagem: Albert Gea | Reuters)

Essa saiu do forno agora. O Barcelona acabou de anunciar que está demitindo Xavi Hernandez do cargo de técnico.

  • Há apenas quatro semanas, o clube tinha de confirmado ele no cargo para a temporada de 2024-25.

  • Há 15 dias, sorridente, o presidente disse que estava orgulhoso do treinador que tinham, em uma coletiva ao lado do Xavi. Agora, voltou atrás.

O ídolo do clube levou o Barcelona de volta aos títulos, conquistando a LaLiga 22/23 depois de 4 anos — e a Supercopa da Espanha em seguida. Nas três temporadas que ficou, fez esses números:

O próximo treinador do clube catalão deve ser Hansi Flick, ex-Bayern de Munique e ex-assistente de Low na seleção alemã. Xavi ainda vai comandar seu último jogo no domingo, contra o Sevilla.

A mensagem oculta por trás dos playoffs
BIG STORY

(Imagem: NBA | Reprodução)

Por trás das belíssimas atuações de Luka Doncic, Anthony Edwards e a coletividade das equipes dos Celtics e Pacers nesta pós-temporada, existe uma tendência indicando que teremos uma nova era na NBA.

  • Independente dos próximos resultados, a NBA terá um 6º campeão diferente nos últimos seis anos.

Por que isso importa? Esse feito só aconteceu uma vez em toda a história da liga, lá no finalzinho da década de 70, quando Warriors, Celtics, Trail Blazers, Bullets (hoje Wizards), SuperSonics e Lakers venceram os títulos de 1975 a 1980.

Embora isso possa parecer uma mera estatística, vale lembrar que a liga foi construída por grandes hegemonias ao longo das décadas, começando lá nos anos 50, quando o Minneapolis Lakers faturou quatro títulos em cinco anos.

Curiosidade: A famosa franquia dos Lakers surgiu em Minneapolis, conhecida como “a cidade dos lagos” (lakers). Mesmo com a mudança da sede para LA em 1960, o nome da equipe foi mantido.

Ao longo das décadas, novas dinastias surgiram:

  • Anos 60: O Boston Celtics empilhou 8 títulos consecutivos;

  • Anos 80: Lakers e Celtics conquistaram, juntos, 7 canecos;

  • Anos 90: Michael Jordan e os Bulls com seus 6 campeonatos;

  • Anos 2000: Lakers e Spurs conquistaram, juntos, 7 títulos;

  • Anos 2010: Warriors e Heat somaram 5 conquistas e todas as finais da década contaram com a presença de uma dessas equipes;

Ver certas equipes repetindo títulos sempre foi algo comum, mas isso talvez esteja com seus dias contados. Um dos motivos se deve à maior dificuldade de atrair all-stars para equipes já muito talentosas.

Um dos grandes exemplos aconteceu há menos de 10 anos, quando o Golden State — já campeão e uma das melhores equipes da liga — conseguiu trazer Kevin Durant na free agency. O resultado foram mais dois troféus Larry O'Brien para a prateleira.

A tendência é que “roubar” grandes jogadores se torne algo cada vez menos comum, muito devido às extensões milionárias que as estrelas têm assinado com suas franquias em vez de se aventurarem em outras equipes.

Com menos “panelas” se formando, o equilíbrio entre as equipes deve aumentar a cada temporada, e estes playoffs já são uma prova disso.

Tirando os Celtics — que chegaram à final de Conferência no ano passado —, os outros três finalistas desta temporada não foram longe na última offseason.

  • O Minnesota Timberwolves caiu na rodada inicial para o Denver Nuggets;

  • O Dallas Mavericks e o Indiana Pacers mal disputaram os playoffs.

Por um lado, esta pós-temporada pode carimbar quem será o novo grande rosto da liga com as disputas entre Edwards, Doncic e Tatum.

Por outro, a NBA está sentindo as consequências de não ter os “velhos conhecidos” do público nas fases finais da competição.

Nas duas primeiras rodadas, os playoffs da NBA tiveram uma média de 4 milhões de telespectadores, registrando uma queda de 12% em comparação com os 4,6 milhões do ano passado. A explicação é simples: Sem LeBron e Curry, sem audiência.

Além disso, o ineditismo destes playoffs ficou marcado pela ausência do MVP da temporada regular nas finais de Conferência, algo que nunca aconteceu em mais de 75 anos de história da NBA.

Com tantos números inéditos, é difícil imaginar que tudo seja baseado em meras coincidências. O basquete está mudando, só não vê quem não quer…

Falando de bola na cesta…

Na Conferência Oeste, o Dallas Mavericks “levaram seus traseiros” para Minnesota e derrotaram os lobos num show de Luka Doncic e Kyrie Irving. Para quem não pegou a referência, clica aqui para entender.

Com os 33 pontos na noite dessa quarta-feira, Doncic passou a ter mais jogos anotando pelo menos 30 pontos nos playoffs do que 87,8% dos jogadores no Hall da Fama da NBA.

(Imagem: Boston Celtics | Reprodução)

Já na costa leste, os Celtics estão a todo vapor com mais uma vitória pra cima do Indiana Pacers, mas desta vez sem tantas emoções como no jogo 1.

Jaylen Brown foi o grande destaque da partida ao anotar 40 pontos e carimbar a primeira vitória da equipe de Boston num jogo 2 nestes playoffs.

Faz o Pix, CBF! Os classificados para as oitavas da Copa do Brasil
GIRO DA RODADA

É o tricolor no modo Zubeldia & Alegria

O São Paulo alcançou a sua sétima vitória nos últimos nove jogos ao bater o Águia de Marabá dentro de casa.

O grande lance da partida ficou por conta do goleiro da equipe do Pará. Veja aqui a defesa mais absurda do futebol brasileiro de 2024. 

Só o básico do básico

Vamos falar a verdade… O Verdão não fez esforço algum para alcançar algo além da classificação.

Com a vantagem por ter vencido no Allianz Parque por 2 a 1, o time do Palmeiras protagonizou um jogo sonolento, mas que foi o suficiente para avançar na competição.

Resultados de quarta-feira

Não podia ter vitória melhor que essa
VÔLEI

(Imagem: X | Reprodução)

Vencer por si só, em qualquer circunstância, já é ótimo, mas vencer de virada é simplesmente maravilhoso.

Pra ser melhor do que isso só com um coisa… Se for pra cima dos nossos queridos hermanitos. risos.

Depois de perder para Cuba na estreia, a seleção brasileira masculina de vôlei se viu novamente numa situação delicada ao ficar atrás no placar por 2×1 para a equipe da Argentina.

  • Mais uma derrota seria um resultado horroroso para o início de competição, além de se tratar de uma partida atuando em casa contra um grande rival.

Mas a virada veio. Darlan — jovem sensação do Brasil — e Lucarelli foram os grandes destaques do time brasileiro, combinando para 37 dos 65 pontos totais da seleção.

Os brazucas voltam à quadra hoje à noite para enfrentarem a equipe da Sérvia. Nas cinco edições do torneio, o Brasil alcançou o pódio somente em 2021, quando ficou com a medalha de ouro.

Os impedimentos milimétricos podem estar perto do fim.
EXTRA

“Mesma linha”? Acho que não mais… A proposta do ex-técnico do Arsenal, Arsène Wenger, de mudar a regra do impedimento foi aprovada em testes de campo realizados em divisões inferiores da Europa.

O que seria essa proposta? Nada mais do que acabar com a famosa “mesma linha”, fazendo com que só houvesse impedimento quando o atacante estiver completamente à frente do defensor.

Por que isso é relevante? Atualmente, qualquer parte do corpo que seja válida para o jogo — menos mãos e braços — já configura o impedimento.

A proposta, além de beneficiar os ataques, também visa diminuir a quantidade de erros em lances desse tipo.

Próximos passos: A proposta será apresentada para a IFAB — instituição responsável pela regulamentação do futebol mundial —, para que possa ser aprovada e entrar em vigor nas principais ligas do mundo.

Você é a favor dessa mudança na regra do impedimento?

Login or Subscribe to participate in polls.

Outras grandes notícias dos esportes
CURTINHAS

(Imagem: X | Reprodução)

📺 O baixinho mais brabo do mundo! Max divulga série documental sobre Romário

Há 10 anos, La Décima…
TIME TO REMEMBER

Se você é um grande fã de futebol, talvez já saiba de qual jogo estamos falando. No dia 24 de maio de 2014, ocorria uma das maiores viradas da história do futebol mundial.

Ainda não sabe qual é? Ou já tem um palpite, mas não tem certeza? Clica aqui para matar essa curiosidade — e as saudades de ver isso.

O estagiário chegou com a sua programação do final de semana
AGENDA DO ESTAGIÁRIO

SÁBADO

  • ⚽ 11h00: Manchester City x Manchester United (Final Copa da Inglaterra) | Star+

  • ⚽ 15h00: Kaiserslautern x Bayer Leverkusen (Final Copa da Alemanha) | Star+

  • ⚽ 16h00: Real Madrid x Betis | Star+

  • 🏀 21h30: Boston Celtics x Indiana Pacers | ESPN e Star+

DOMINGO

  • 🏎️ 10h00: Grande Prêmio de Mônaco | Band

  • 🏐 10h00: Brasil x Itália (Liga das Nações Masculina) | Globo e SporTV

  • 🏎️ 12h00: 500 Milhas de Indianápolis | TV Cultura, ESPN e Star+

  • ⚽ 16h00: Sevilla x Barcelona | Star+

  • 🏀 21h00: Minnesota Timberwolves x Dallas Mavericks | Prime Video

Quanto você gostou dessa edição?

Você pode explicar o porquê depois de votar

Login or Subscribe to participate in polls.

the champs 🏆

Gol, ponto, nocaute, seja lá como for, estaremos aqui para cobrir. Sua nova opção no mundo dos esportes. Somos uma newsletter esportiva, sagaz e divertida, que tem por objetivo te informar sobre nossa maior paixão.

  • Conteúdo, informações e dados sobre tudo que acontecer de interessante no universo esportivo. Sem clubismo e com um pouco de zoeira. risos.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, segunda, quarta e sexta. É gratuito.

📱 Notícias na hora? Não deixe de nos seguir no Instagram. Clique aqui e seja o mais bem informado sobre o mundo dos esportes.

🎟️ Quer anunciar seu negócio conosco? É só clicar aqui.

até segunda!

Sempre chegamos a sua caixa de entrada, por volta das 09:09. Segunda, quarta e sexta. Alguns servidores de e-mail são teimosos e atrasam… Outros são piores ainda e nos jogam para o spam e/ ou promoções. Sempre que não nos encontrar na caixa de entrada, procure nessas duas.

powered by